Artigos
Postado por Luciano Alves

Dicas do Sonar X3, No 024 – Novidades (2)

BlueTubes - Sonar X3

Dando continuidade à análise do Sonar X3, veremos agora alguns plug-ins e novas implementações:

Nomad Factory Blue Tubes bundle

Pacote de efeitos Blue Tube da empresa Nomad Factory. Trata-se de uma coleção de 19 plug-ins de áudio com características visuais e sonoras dos efeitos analógicos vintage, como pode ser observado na imagem acima. Todos os efeitos suportam automação total. O pacote Blue Tubes contém: 

6 processadores dinâmicos: Limiter, Expander, Compressor, Noise Gate, DeEsser e BrickWall

6 equalizadores: 2-Band, Baxandall, Graphic, Vintage, 5-band e Filters

6 processadores de efeitos: Chorus, Phaser, Vintage Echo, Delay, OverDriver e Imager

1 agregador de processadores que pode conter: Tube Emulator, Gate/Expander, Compressor, Equalizer e Filters  

VST3 audio and instruments support

Compatibilidade com instrumentos e efeitos virtuais VST3. Além do suporte para a tecnologia VST2, o Sonar agora trabalha com a versão VST3. Esta nova versão proporciona maior velocidade de operação dos instrumentos e efeitos de áudio virtuais que utilizam a tecnologia VST. Os plug-ins VST3 economizam processamento pois detectam automaticamente quando não há nenhum sinal na entrada. Se um efeito ou instrumento não está em uso durante um determinado tempo, o plug-in se desliga automaticamente economizando, assim, a CPU do computador.

Outras vantagens da tecnologia VST3 são: suporte à automação via envelope e operação na plataforma 64bits. Ao instalar o Sonar X3 em 64bits, você vai reparar a presença do novo plug-in de correção de afinação Celemony Melodyne Essential (monofônico). Acesse as propriedades deste plug-in e repare que o mesmo trabalha sob a tecnologia VST3. Por isso é mais eficiente do que o V-Vocal da Roland que também é fornecido com o Sonar X3.

Region FX

Aplicação de efeito em regiões. O Sonar permite aplicar efeitos de duas formas básicas: no campo FX de uma pista de áudio (o efeito valerá para a pista inteira) ou cortando um clip e aplicando o efeito com o botão direito do mouse diretamente neste clipe (somente o clip terá o efeito).

Agora, no Sonar X3, um efeito pode ser aplicado diretamente em uma região do áudio. Para tal, selecione uma pista e drague o mouse por cima da porção de áudio na qual deseja aplicar o plug-in. Em seguida, clique com o botão direito do mouse sobre esta porção. Repare que uma nova seção foi adicionada na janela que se abre: Region FX. Por enquanto, estão disponíveis o V-Vocal e o Celemony Melodyne. Estes dois plug-ins criam um novo clipe com o efeito sobre a porção selecionada.

Para aplicar outros efeitos (VST ou DX), você pode usar o recurso de Process Effect mas, neste caso, o efeito não é agregado mas definitivamente processado: marque uma região e clique com o botão direito do mouse. Na janela que se abre selecione Process Effect / Audio Effects e selecione o plug-in desejado. 

 

No próximo post, mais novidades do Sonar X3. Acompanhe!

Luciano Alves é pianista, tecladista, compositor e autor do livro “Fazendo Música no Computador”. Fundou, em 2003, a escola de música e tecnologia CTMLA – Centro de Tecnologia Musical Luciano Alves (www.ctmla.com.br) que dispõe de seis salas de aula e um estúdio.

© Copyright by Luciano Alves. Todos os direitos autorais reservados. All rights reserved.

   

 

 

    

Compartilhe
Aplicativo Luciano Alves
para Mobiles