Luciano Alves no estúdio
Biografia

Pianista, tecladista, compositor, arranjador, professor e autor de livros de música. Mais de 70 músicas disponíveis nos sites iTunes, Spotify, Amazon, CD Baby, Napster etc. Seus cursos Online de Piano contam atualmente com milhares de alunos em mais de 80 países. 

Luciano possui sete CDs lançados em diversos países: Luciano Alves plays Chopin (iTunes, CTMLA),  Luciano Alves interpreta Ernesto Nazareth (Biscoito Fino), Brazil Today (Sonoton Records), Mosaico, Baobá e Quartzo (iTunes, CTMLA), Só o que a gente gosta (Fina Flor).

Na área da didática musical e da tecnologia dos computadores foram publicados dez livros de sua autoria: Dicionário de acordes para piano e teclados, Escalas para improvisação, Exercícios para piano e teclados, Teoria musical – Lições essenciaisFazendo música no computadorEstudos para improvisação (Editora Irmãos Vitale), Coletânea para piano nível inicianteColetânea para piano nível intermediárioColetânea para piano clássico avançadoColetânea 101 exercícios para piano (Edição Luciano Alves/CTMLA).

A partir de 1970 passou a atuar profissionalmente como pianista e diretor musical em diversas peças teatrais. Nesta época começou a experimentar em seu trabalho a fusão da música popular brasileira com diversos gêneros musicais.

Em 1976, ingressou no conjunto Os Mutantes, com o qual excursionou pelo Brasil e Europa, gravando o LP Mutantes ao vivo. Morou em Milão (Itália) durante o ano de 1977, onde produziu seus primeiros arranjos e participou de gravações com diversos artistas europeus. De volta ao Brasil, em 1978, como tecladista e arranjador passou a integrar a banda de Pepeu Gomes, com quem se apresentou por três vezes no Festival de Montreux (Suíça, 1984, 1985 e 1989) e compôs diversas músicas instrumentais em parceria.

Também gravou com Moraes Moreira, Caetano Veloso e Erasmo Carlos, tendo sido responsável em 1983 pela direção musical do espetáculo Coração Brasileiro, de Elba Ramalho, apresentado no Brasil, em Portugal e em Israel. Desde 1985 vem se apresentando individualmente ou com sua banda no Brasil e no exterior, em festivais, casas de espetáculo, universidades e instituições culturais.

Na área da música clássica, apresentou-se como solista em concertos públicos com a Orquestra Sinfônica Brasileira e a Orquestra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, executando a Nona Sinfonia de Ludwig von Beethoven; Assim Falou Zaratustra de Richard Strauss; e o Bolero de Maurice Ravel, sob regência do maestro Isaac Karabtchevsky. Na área da publicidade, compôs e gravou trilhas sonoras para comerciais, além de compor e gravar temas de abertura e trilhas sonoras para programas das TVs Globo, Bandeirantes, Manchete e Educativa. Criou e executou a trilha musical para o vídeo Alucinação Arte Abstrata, de Ricardo Nauemberg, que recebeu o Prêmio Leonardo da Vinci 89, em Milão, Itália.

A partir de 1990, passou a escrever matérias e análises de softwares e instrumentos musicais, para publicações especializadas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em outubro de 1991 realizou tournée juntamente com o percussionista Marcelo Salazar, em diversas cidades dinamarquesas como Copenhague, Odense e Århus, divulgando os ritmos afro-brasileiros e seu disco Quartzo. Nesta ocasião, foi convidado para ministrar cursos sobre informática e música brasileira em diversas universidades.

Em 1992 fundou sua produtora de livros de música, partituras e métodos, por intermédio de editoração eletrônica, já tendo realizado mais de quarenta produções para diversas editoras. Possui quatro discos solo gravados – Quartzo, Baobá (com o qual foi finalista do VII Prêmio Sharp de Música na categoria de melhor arranjador instrumental), Mosaico (lançado também nos EUA), Luciano Alves Interpreta Ernesto Nazareth (gravadora Biscoito Fino); e dois livros de música publicados – Dicionário de acordes para piano e teclados (que representou a Editora Gryphus na Feira Internacional do Livro de Frankfurt em 1994) e Escalas para improvisação (Irmãos Vitale Editores). Em dezembro de 1999 foi lançada sua mais recente produção dedicada ao piano: o livro Exercícios de Técnica para Piano, de autoria da Prof. Ondine de Mello.

Em 2003 fundou o CTMLA – Centro de Tecnologia Musical Luciano Alves, no Rio de Janeiro, onde são ministrados cursos de home studio, produção musical, instrumentos musicais, arranjo e improvisação.

Em 2009 foi lançado seu quarto CD, integralmente executado ao piano seguindo as partituras originais: Luciano Alves interpreta Ernesto Nazareth (gravadora Biscoito Fino). O repertório contém 11 músicas de Nazareth e uma de Luciano (Pipocando – Homenagem a Nazareth).

A partir de 2010 Luciano passou a apresentar-se em duo com a cantora Bettina Graziani, interpretando standards da MPB, jazz e blues com arranjos inéditos. Este encontro gerou o CD Só o que a gente gosta (gravadora Fina Flor), lançado em 2011.

Em 2013 foi lançado o CD Luciano Alves plays Chopin no qual interpreta 12 peças (balada 1, prelúdios, estudos e valsas de Frédéric Chopin). Este CD foi gravado em setembro de 2013, em Nova Iork, utilizando um piano Steinway D Centennial e está sendo distribuído no iTunes, Amazon, etc. 

Em outubro de 2014 gravou e filmou em Nova York, 12 vídeos com novas performances do CD Luciano Alves interpreta Ernesto Nazareth. Os vídeos estão disponíveis no Youtube desde janeiro de 2015. O piano utilizado foi o Steinway D Centennial de 1881.

A partir de 2017 lançou diversos cursos online de piano contendo mais de 400 aulas virtuais em vídeo. 

Compartilhe
Aplicativo Luciano Alves
para Mobiles